http://revistas.itep.br/index.php/rsta/issue/feed Revista de Sustentabilidade e Tecnologia Ambiental 2017-11-07T12:20:50+00:00 Gilvan Takeshi Yogui gilvan.yogui@ufpe.br Open Journal Systems <p>A Revista de Sustentabilidade e Tecnologia Ambiental é um periódico que publica trabalhos técnico-científicos nos temas de sustentabilidade ambiental e tecnologia ambiental. Assim, incentiva-se a submissão de trabalhos que tenham relação com os seguintes assuntos: biotecnologia, energias renováveis, engenharia ambiental, geociências, meio ambiente, mudanças climáticas, produção sustentável, recursos naturais, segurança alimentar e tecnologia de materiais.</p> http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/18 A recuperação de equipamentos eletroeletrônicos na UFCG - Campus I colabora com a inclusão digital de alunos de escolas públicas municipais 2017-11-07T12:19:57+00:00 Luíza Eugênia da Mota Rocha Cirne a1@itep.br Maria de Fátima Fernandes a1@itep.br Marx Prestes Barbosa a1@itep.br Lislley Leite de Carvalho Farias a1@itep.br Felipe Barros Dantas a1@itep.br Felipe Aurélio de Campos Encarnação a1@itep.br <p>O presente trabalho tem como objetivo apresentar a importância e o alcance social obtido pelo Programa de Mobilização Social em Saneamento Ambiental desenvolvido pela Universidade Federal de Campina Grande por meio do Projeto de Extensão intitulado: “Recuperação física de equipamentos e resíduos eletroeletrônicos, gerados na UFCG, e seu reaproveitamento em comunidades carentes do entorno” vêm gerando uma metodologia de coleta, desmonte, recuperação e montagem de equipamentos a partir de partes reutilizadas. O Projeto vem sendo desenvolvido por um período de 02 (dois) anos consecutivos. Além dos resultados de cunho social, sobretudo com a inclusão digital de alunos das escolas municipais localizadas no entorno da Universidade, tem chamado a atenção da comunidade universitária para o desenvolvimento de práticas ambientalmente sustentáveis quanto ao descarte dos resíduos eletroeletrônicos. Nessa segunda fase do Projeto, foi beneficiada a Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental São Tomé, localizada no Sítio São Tomé, município de São Sebastião de Lagoa de Roça - PB, para a qual foram doados cinco computadores.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/26 Abordagem da rastreabilidade no sistema de logística reversa para os REEE de computadores na UFPE 2017-11-07T12:20:06+00:00 Carlos Alberto Alves Barreto carloss_barreto@yahoo.com.br Domingos Sávio de França a1@itep.br Janeide Ferreira de Alencar Oliveira a1@itep.br <p>A geração de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos no Brasil tem sido, nos últimos anos, um tema relevante em todos os debates, discussões e agendas estratégicas da Política de Resíduos Sólidos Urbanos. Este estudo trata dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos (REEE) de computadores, resultado da revolução tecnológica dos últimos anos, que produziu equipamentos em larga escala, com variadas utilidades e vem propiciando um aumento na quantidade e diversidade desses tipos de resíduos. Além de ser um dos resíduos de maior crescimento no mundo, sua diversidade e periculosidade chamam a atenção para a necessidade de instrumentos de controle nas políticas públicas, para que melhor determinem o papel não só dos geradores mas de toda a sociedade no destino correto. O objetivo desta pesquisa foi analisar a relevância do rastreamento dos computadores da Universidade Federal de Pernambuco durante o consumo e pós-consumo. O estudo identificou instrumentos na legislação analisada que permitem um melhor gerenciamento desses resíduos e que, independente de acordos setoriais, poderiam ser aplicados com base na legislação que rege e direciona os órgãos públicos, com rebatimento no destino adequado dos REEE de computadores. A pesquisa ainda destaca uma tecnologia social que desenvolve um conjunto de ações e atividades diretamente relacionadas com a re-utilização, gerenciamento e descarte ambientalmente correto desses materiais.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/27 Logística reversa dos resíduos dos equipamentos eletroeletrônicos: análise do consumo e pós-consumo dos computadores da Universidade Federal de Pernambuco 2017-11-07T12:20:14+00:00 Carlos Alberto Alves Barreto carloss_barreto@yahoo.com.br <p>O crescente desenvolvimento tecnológico vem provocando uma elevada taxa de inovação entre os equipamentos eletroeletrônicos, gerando a necessidade de substituição dos equipamentos em um período cada vez mais curto. O acelerado processo tecnológico vem provocando problemas na gestão dos resíduos dos equipamentos eletroeletrônicos (REEE), oriundos de computadores. Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), o Brasil está produzindo 0,5 kg/ano/hab de REEE dos computadores, aos quais não tem sido dado um destino adequado. A Lei nº 12.305, de 2/8/2010, que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), exige a implementação do sistema de logística reversa e a responsabilidade dos produtores, distribuidores, comerciantes e importadores pelo tratamento e a destinação final dos REEE. Nessa nova estrutura de gerenciamento dos resíduos proposta pela PNRS, todos os envolvidos têm responsabilidades específicas e igualmente relevantes. A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está adquirindo uma média de 1.165 computadores por ano. Este estudo analisou o consumo e pós-consumo dos computadores na UFPE, caracterizando o fluxo dos resíduos ao destino final e identificou indicadores que poderão auxiliar na implantação de um sistema mais eficiente na coleta desses equipamentos nos departamentos e no descarte final pelo Setor de Patrimônio. Foi realizada pesquisa bibliográfica, levantamento direto em campo, com foco no Setor de Patrimônio, Compras e junto com funcionários e professores. Os resultados obtidos demonstram a não aplicação da PNRS quanto ao processo de logística reversa dos REEE e, ainda, que o fluxo interno e o descarte vêm sendo efetuados de forma inadequada, para uma significativa geração de REEE, em função da quantidade de computadores adquiridos.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/28 Reciclagem de lixo eletrônico: primeiras impressões sobre projeto de extensão em ambiente acadêmico 2017-11-07T12:20:24+00:00 Antonio Henrique Habib a1@itep.br Vanderley Gondim a1@itep.br <p>A preocupação ambiental instigou a vontade de conhecer a experiência de uma instituição de ensino superior do sertão pernambucano que vem desenvolvendo um projeto de extensão, cujo objetivo está pautado na possibilidade de difusão do conhecimento sobre lixo eletrônico de informática, problematizando os modos para redução dos impactos desses resíduos no meio ambiente e na saúde da população. O presente trabalho propõe-se a colaborar com o conhecimento sobre o lixo eletrônico de informática, alinhado à possibilidade de gerenciamento sustentável e, portanto, com efeitos positivos do ponto de vista social e econômico. Trata-se, pois, de um estudo de caso, no qual a ação de extensão acadêmica transita entre a coleta de lixo eletrônico de informática e a qualificação profissional para reciclagem desses resíduos, articulada ao programa de inclusão digital, destinado aos jovens, adolescentes e adultos de bairros periféricos. A principal âncora teórica deste estudo é a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, instituída pela Lei nº 12.305/2010, que apresenta como pano de fundo a ideia de responsabilidade compartilhada – governos, indústrias, revendedores, consumidores, catadores e recicladores – para preservação do meio ambiente e proteção às pessoas em relação aos possíveis danos provocados pelo tratamento inadequado dos resíduos eletroeletrônicos. Observou-se que o projeto permitiu aos participantes a compreensão da cadeia de transformação de lixo eletrônico de informática ao tempo em que se indicou a necessidade de inclusão desse eixo temático no currículo acadêmico do curso de Ciências da Computação da Instituição.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/29 Projeto para implantação de um centro de reciclagem e reuso de equipamentos eletroeletrônicos 2017-11-07T12:20:32+00:00 Thiago Ferreira thiagoanf@outlook.com Sérgio Campello a1@itep.br <p>A sociedade brasileira necessita voltar sua atenção para os problemas causados pelo lixo eletroeletrônico e os indesejáveis impactos causados pelo descarte indevido desse material nos aterros sanitários. Quando descartados de maneira inadequada, esses equipamentos, por possuírem metais pesados, podem poluir o meio ambiente e contaminar pessoas e animais. O principal objetivo deste estudo é descrever um projeto conceitual para instalação de um centro de reuso e reciclagem de produtos eletroeletrônicos, realizado na Escola Politécnica de Pernambuco da Universidade de Pernambuco. O centro servirá para reforçar o compromisso estratégico da universidade com o desenvolvimento sustentável por meio de uma ação concreta e de grande potencial de visibilidade por parte da sociedade. Além de diminuir os impactos ambientais, as atividades desse centro serão capazes de gerar melhorias sócio-econômicas mediante as parcerias que podem ser firmadas com instituições públicas ou privadas e com associações de catadores de lixo. Neste estudo, são analisadas sucintamente as tendências contemporâneas em relação ao tratamento do lixo eletroeletrônico assim como o potencial de captação e tratamento desse material por meio da Escola Politécnica de Pernambuco.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/30 Estimativa do desperdício de metais pesados advindos do descarte de equipamentos eletroeletrônicos nos países do G7 e do BRICS 2017-11-07T12:20:38+00:00 Jenyffer da Silva Gomes Santos jnfgomes@gmail.com Elisângela da Silva Guimarães e.s.g.ambiental@gmail.com Soraya Giovanetti Vieira El-Deir sorayageldeir@gmail.com <p>Os metais pesados se configuram como um grave risco à saúde humana e ao equilíbrio ambiental, tendo em vista o seu potencial impactante e a característica de bioacumular na teia trófica, gerando danos aos organismos vivos de topo de cadeia. Os eletroeletrônicos possuem esses elementos na sua composição, porém o mercado não repassa essa informação aos consumidores. Por outro lado, o estímulo excessivo para o consumo faz com que haja uma velocidade de compra e troca de equipamentos eletroeletrônicos por causa de novos modelos ou sistemas operacionais. Realizou-se um estudo estimativo e comparativo do potencial produtivo de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos entre os países do G7 (Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Canadá) e do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em uma década, sob a ótica do consumo, consumo sustentável e consumerismo. Dados secundários foram analisados, percebendo-se que a quantidade desses resíduos produzida não se relaciona diretamente com o tamanho da população de um país, mas com o modelo de consumo estimulado pela economia de cada país.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/31 Gestão de resíduos eletroeletrônicos no Centro de Tecnologia da UFRJ 2017-11-07T12:20:46+00:00 Walter Issamu Suemitsu walter@nides.ufrj.br Marcelo Guimarães Araújo a1@itep.br <p>O artigo apresenta o processo de gestão de resíduos no Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com foco particular nos resíduos eletroeletrônicos – REEE. São apresentados os programas e as ações realizadas desde 1994, com o objetivo de aproveitar e recuperar os resíduos. Finalmente, discorre-se sobre o projeto do Centro de Tecnologia em Reciclagem, que tem como objetivo criar um ambiente de desenvolvimento de tecnologia para a recuperação de materiais dos resíduos eletroeletrônicos.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement## http://revistas.itep.br/index.php/rsta/article/view/32 Impactos causados por metais em humanos devido à disposição inadequada de equipamentos eletroeletrônicos 2017-11-07T12:20:50+00:00 Jenyffer da Silva Gomes Santos jnfgomes@gmail.com Priscila Lemos Vieira a1@itep.br Leocádia Terezinha Cordeiro Beltrame a1@itep.br Soraya Giovanetti El-Deir sorayageldeir@gmail.com <p>Os metais pesados podem acarretar sérias disfunções na saúde humana e causar graves problemas em plantas e animais. Este trabalho tem como objetivo desenvolver um estudo sobre o risco potencial que os resíduos de equipamentos eletroeletrônicos podem trazer para os seres humanos e o meio ambiente como um todo, devido à grande quantidade de metais pesados que estes possuem em sua composição e, ao serem descartados de forma errônea, trazem preocupantes danos ao planeta. Analisando-se o potencial produtivo de microcomputadores pelos países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) e os países do G7 (Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Canadá) em uma década, no consumo de menor demanda ecológica de matéria-prima e recursos naturais, sendo este de 3 computadores por década, pretende-se observar a quantidade de metais pesados que podem ser produzidos nesse espaço de tempo por esses países.</p> 2015-03-10T00:00:00+00:00 ##submission.copyrightStatement##