Logística reversa dos resíduos dos equipamentos eletroeletrônicos: análise do consumo e pós-consumo dos computadores da Universidade Federal de Pernambuco

  • Carlos Alberto Alves Barreto Instituto de Tecnologia de Pernambuco
Palavras-chave: consumo, pós-consumo, resíduo eletroeletrônico, logística reversa, resíduo sólido

Resumo

O crescente desenvolvimento tecnológico vem provocando uma elevada taxa de inovação entre os equipamentos eletroeletrônicos, gerando a necessidade de substituição dos equipamentos em um período cada vez mais curto. O acelerado processo tecnológico vem provocando problemas na gestão dos resíduos dos equipamentos eletroeletrônicos (REEE), oriundos de computadores. Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), o Brasil está produzindo 0,5 kg/ano/hab de REEE dos computadores, aos quais não tem sido dado um destino adequado. A Lei nº 12.305, de 2/8/2010, que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), exige a implementação do sistema de logística reversa e a responsabilidade dos produtores, distribuidores, comerciantes e importadores pelo tratamento e a destinação final dos REEE. Nessa nova estrutura de gerenciamento dos resíduos proposta pela PNRS, todos os envolvidos têm responsabilidades específicas e igualmente relevantes. A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está adquirindo uma média de 1.165 computadores por ano. Este estudo analisou o consumo e pós-consumo dos computadores na UFPE, caracterizando o fluxo dos resíduos ao destino final e identificou indicadores que poderão auxiliar na implantação de um sistema mais eficiente na coleta desses equipamentos nos departamentos e no descarte final pelo Setor de Patrimônio. Foi realizada pesquisa bibliográfica, levantamento direto em campo, com foco no Setor de Patrimônio, Compras e junto com funcionários e professores. Os resultados obtidos demonstram a não aplicação da PNRS quanto ao processo de logística reversa dos REEE e, ainda, que o fluxo interno e o descarte vêm sendo efetuados de forma inadequada, para uma significativa geração de REEE, em função da quantidade de computadores adquiridos.

Publicado
2015-03-10
Seção
Artigo RPT